quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Das tragédias


Há pessoas que parecem ser perseguidas pelas tragédias... Ou então não.

Passo a explicar. Tenho uma amiga, com quem ando a tentar combinar um café há meses. Meses! Corrijo, não ando a tentar combinar, porque combinar nós combinamos, simplesmente esse café acaba por nunca se concretizar. Parece que, assim por obra de um santo qualquer - se calhar, um demónio qualquer aplica-se melhor a este caso -, sempre que temos alguma coisa combinada, lhe acontece uma tragédia. Ou é porque teve que ir arrancar um dente, ou é porque o periquito morreu, ou é porque a avó teve um AVC, ou é porque o pai fazia anos e ela se tinha esquecido, ou é porque o carro decidiu avariar nesse mesmo dia... E podia continuar dias e dias a listar as tragédias que lhe acontecem, precisamente nos dias em que temos coisas combinadas - mas que coincidência, hun? -. 
Se o periquito realmente morreu, ou se efectivamente aconteceu algo à avó dela, tenho imensa pena, e compreendo perfeitamente. Mas com tanta desculpa fica difícil de acreditar, não é? 
E pronto, isto para dizer, que não volto a tentar combinar o que quer que seja. Não esteja o facto de combinarmos cafés relacionado com o acontecimento das tragédias, e como eu não desejo mal a ninguém... Mais vale jogar pelo seguro.

3 comentários:

PinkMoon* disse...

Que é confidencia a mais lá isso é. Eu cá ficava mesmo de pé atrás..

A Minha Essência disse...

Bolas! :-o

Deixa ficar na retina. Pode ser que quando menos contares acontece! ;)

Kiss

The Closet Voice disse...

Damn!Agora fiquei a sentir-me mal...porque me vi no lugar dessa tua amiga, dado que falhei alguma vezes com uma grande amiga minha, tenho de a compensar!tocaste-me a consciência :/ thanks pelos comments!*
Beijinho

ps-compra um trench coat :p