domingo, 16 de maio de 2010

Missão cumprida


A missão toupeira já terminou!
Não sei como, mas quando dei por ela andava a toupeira a passear à superfície (desconfio que tenha sido obra do meu gato, porque ele estava no jardim nessa altura). Fui logo chamar o meu pai para a apanhar. Sim, porque eu só queria vê-la, agora apanhá-la... Já não era comigo! Depois de alguma "luta" ele lá conseguiu apanhá-la com a vassoura e o apanhador e foi colocá-la no jardim da urbanização.
Eu fiquei feliz da vida. Consegui ver a toupeira. Ela já não está no meu jardim. E conseguimos fazer isso sem que ela morresse!

Na caixa de comentários do outro post pediram-me para lhe tirar uma foto, como imaginam no meio desta confusão nem sequer me lembrei. Mas concerteza já viram um rato... Então imaginem um rato com um focinho mais comprido e as patas dianteiras bem maiores (para conseguirem escavar). Aí têm uma toupeira!

9 comentários:

Mlady disse...

Eu moro ao pé de montes (fim do mundo), logo em vez de toupeiras tenho cobras no jardim!

Mi disse...

Felizmente, nunca me apareceram cobras. Mas prefiro não lançar foguetes. Também nunca me tinha aparecido uma toupeira até há uns dias atrás. Qualquer dia ainda tenho uma surpresa xD
kiss

C disse...

loool tadinha gostava do teu jardim! Espero que esteja num sitio porreiro para escavar :D

beijinho grande*

Apple and John disse...

Agora na nova casa vai poder escavar à vontade :D

john

Di disse...

Ainda bem que não a magoaram! Pena que não tens a tal foto :P

Beijo*

' Claudjinha disse...

por acaso também estava aqui para comigo a pensar que gostava de ver uma foto da bicha. mas se é parecido com um rato, dispenso. ca nojo. a imagem que eu tenho das toupeiras é dos desenhos animados, em que elas tinham óculos e eram fofinhas... LOL

Nox Lilin disse...

Eu tenho lagartos no jardim!

A Menina dos Óculos disse...

Fiquei super feliz por não a terem magoado.:) Logo eu, que sou doida por animais! Espero que seja muito feliz na mansão nova...

Beijocas grandes,

A Menina dos Óculos

Cath disse...

se fosse eu nem tinha coragem para a ver.